Exportação de carne de frango do Paraná bate recorde

Publicado em 10/08/2017 às 17h43

A receita arrecadada com exportações de frango do Paraná bateu recorde entre os meses de janeiro de julho de 2017, conforme dados da Secretaria de Comércio Exterior (Secex), do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio, divulgados nesta terça-feira (8).

O lucro do estado, o maior produtor e exportador de frango no Brasil, passou de US$ 1,28 bilhão para US$ 1,39 bilhão — o que equivale a 8,8% —, ainda de acordo com o levantamento.

A exportação da carne da avicultura paranaense respondeu por 35,2% dos embarques no país neste ano. Desde 2010, as exportações do estado cresceram 61%. Naquele ano, o Paraná respondeu por 25% das exportações brasileiras de janeiro a julho (US$ 863,25 milhões).

O estado exporta para 160 países, e os cortes de frango in natura respondem por 96% do total. De janeiro a julho, o maior mercado foi a Arábia Saudita, com US$ 288,14 milhões, seguida pela China (US$ 174,2 milhões) e Japão (US$ 131, 9 milhões).

De acordo com Julio Suzuki Júnior, diretor-presidente do Instituto Paranaense de Desenvolvimento Econômico Social (Ipardes), os frigoríficos paranaenses aproveitam a elevada produção de grãos do estado, a proximidade com os grandes centros consumidores e a alta tecnologia de produção para ganhar espaço.

“Essa combinação garante ao Paraná uma vantagem competitiva e uma participação cada vez maior nessa cadeia no país, com grande participação das cooperativas”, diz Suzuki Júnior.

 

Aves abatidas

 

Segundo levantamento do Sindicato das Indústrias de Produtos Avícolas do Estado do Paraná (Sindiavipar), no semestre foram abatidas 888,9 milhões de cabeças de frango no estado, volume inferior (0,5%) aos 893,8 milhões registrados nos primeiros seis meses de 2016.

De acordo com o presidente do sindicato, Domingos Martins, a produção está retomando o ritmo, depois das incertezas do mercado. Dentre as regiões paranaenses, o destaque foi o oeste, que abateu 300 milhões de aves durante o período, respondendo por 33,7% do total no estado.

 

 

Investimentos

 

Somente as cooperativas agropecuárias do estado estão investindo R$ 310 milhões na área de avicultura no Paraná. O valor corresponde a 14% do total de R$ 2,15 bilhões que as cooperativas vão investir em 2017.

Segundo Alexandre Amorim Monteiro, assessor técnico da Organização das Cooperativas do Paraná (Ocepar), o mercado internacional começa a ser retomado, depois do impacto da operação Carne Fraca.

“Os importadores estão mais exigentes e pressionando os preços. A percepção era de que o setor poderia ter ganho mais, mas o movimento está melhorando aos poucos”, afirma.

As cooperativas têm capacidade instalada para abater 2,05 milhões de frangos por dia. No ano passado, produziram 1,4 milhão de toneladas de carne de frango. Atualmente são 2,9 mil produtores integrados ao sistema.

 

Fonte: G1

Enviar comentário

voltar para Notícias

left tsN fwR uppercase show|left tsN fwR uppercase bsd b01s|left fwR uppercase show bsd b01s|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd c10|fsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase b01 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase bsd b01|content-inner||