Florestas: Paraná está no topo da produtividade do setor

Publicado em 15/10/2015 às 17h42

As florestas do Paraná estão entre as mais competitivas do mundo, graças a investimentos em pesquisa e melhoramento genético. O rendimento por hectare do pinus pode chegar a 50 metros cúbicos por hectare/ano, e, no caso do eucalipto, a 65 metros cúbicos por hectare/ano. “Nos Estados Unidos e no Chile, por exemplo, a produtividade é bem menor, de 15 a 20 metros cúbicos por ano”, lembra o diretor executivo da Associação Paranaense de Reflorestadores (Apre), Carlos Mendes.

A vantagem competitiva do Paraná está nos investimentos intensivos em pesquisas para aprimorar o manejo florestal. Por meio dele, é possível gerar madeira com melhor aproveitamento, destinada a vários setores – da energia até a laminação de madeira.

Os materiais genéticos obtidos por meio de melhoramento de espécies cultivadas também dão origem a árvores com maior taxa de crescimento e resistência a pragas e à geada e mais qualidade de fibras. Com o crescimento do setor, a expectativa é que o volume de mudas geradas passe de 75 milhões para 115 milhões entre 2016 e 2018.

 

Fonte: Agência de Notícias do Paraná

Categoria: Agronegócio, Comércio Exterior, Investimento, Norte do Paraná, Paraná

Enviar comentário

voltar para Notícias

left tsN fwR uppercase show|left tsN fwR uppercase bsd b01s|left fwR uppercase show bsd b01s|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd c10|fsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase b01 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase bsd b01|content-inner||