Itamaraty confirma suspensão da Venezuela do Mercosul

Publicado em 06/12/2016 às 17h55

O Ministério das Relações Exteriores confirmou nesta sexta-feira (2) que a Venezuela foi suspensa do Mercosul.

Chanceleres dos quatro países fundadores do bloco econômico (Brasil, Argentina, Paraguai e Uruguai) entregaram o comunicado a representante da Venezuela no bloco.

A decisão está relacionada ao vencimento do último prazo acordado em setembro para que Caracas cumprisse suas obrigações de adesão ao Mercosul. Do total de 1.224 normas técnicas exigidas, a Venezuela incorporou apenas cerca de 80 por cento e 25 por cento dos tratados necessários.

A principal delas é o Acordo de Complementação Econômica 18, que prevê a tarifa externa comum e o programa de eliminação de barreiras tarifárias intrabloco, que é considerado a espinha dorsal do acordo comercial do Mercosul, e a cláusula democrática.

Em entrevista durante a participação do Dia Nacional de Mobilização Contra o Aedes aegypti, o ministro José Serra disse que o País tinha sido advertido quanto a essa possibilidade. “Já tinha sido anunciado [que a Venezuela seria suspensa do bloco econômico] se não cumprisse certos requisitos e foi”.

O Mercosul foi fundado em 1991 pelo Brasil, Argentina, Paraguai e Uruguai. Em 2012, a Venezuela foi aceita como membro do bloco econômico.

Fonte: Portal Brasil

Enviar comentário

voltar para Notícias

left tsN fwR uppercase show|left tsN fwR uppercase bsd b01s|left fwR uppercase show bsd b01s|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd c10|fsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase b01 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase bsd b01|content-inner||