Paraná passa a ter selo de certificação para agroindústrias

Publicado em 11/03/2015 às 10h26

Os empresários do Estado passam a ter a possibilidade de contar com uma certificação de garantia de qualidade em processos de gestão e de fabricação de alimentos, que facilita a venda de produtos e serve como alicerce para o crescimento de empresas mesmo em um ano de crise econômica como 2015. O Selo Alimentos do Paraná será lançado às 19 horas de amanhã, em Curitiba, em uma iniciativa do Sebrae-PR, em parceria com a Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep) e com o Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar).

Serão certificadas as 22 empresas que fizeram parte do projeto-piloto do programa. Todas receberão o atestado de conformidade, que concede o direito ao uso do selo em rótulos e materiais publicitários. Para isso, os participantes receberam consultorias, treinamentos, avaliações e auditorias, realizadas pela Tecpar, atenderam exigências relacionadas a produtos e processos e melhoraram a gestão empresarial, conforme critérios da Fundação Nacional da Qualidade (FNQ).

As indústrias, agroindústrias e distribuidoras de alimentos e bebidas de zonas rurais ou urbanas que quiserem fazer parte do programa devem ficar atentas à chamada de projetos, que será promovida pelo Sebrae-PR ainda neste mês. É possível conseguir mais informações pelo endereço eletrônico da entidade

(www.sebraepr.com.br/sites/PortalSebrae/sebraeaz/Selo-Alimentos-Paraná-home)

ou pelo telefone 0800-570-0800.

A coordenadora estadual de Agronegócio do Sebrae-PR, Andreia Claudino, afirma que a abertura para consultoria no setor é feita desde 2010, o que fez com que se percebesse a possibilidade de avançar e fortalecer a agroindústria. Assim, a entidade lançou o projeto-piloto em agosto do ano passado, para facilitar essa expansão. "Quando a empresa entra com seu produto em alguma rede de supermercados, por exemplo, é pedida uma avaliação de qualidade e o selo já garante isso."

Ela cita outros benefícios, como a possibilidade de arcar com apenas 20% dos custos em análises laboratoriais, no caso de empresas de pequeno porte, que tenham receita de até R$ 3,6 milhões ao ano. "Também participarão de rodadas de negócios específicas, organizadas pela Fiep e pelo Sebrae, além de contarem com campanhas publicitárias e de marketing, que serão vinculadas no nosso site", conta Andreia.

Para obter o selo, é preciso passar por cinco etapas. Na primeira, o Sebrae avalia a qualidade da gestão e dos processos, com base na legislação sanitária. Depois, é feito um plano corretivo, enquanto os empresários passam por treinamentos e recebem consultoria. Começa então a fase de análises laboratoriais, antes de nova avaliação do consultor. Por fim, o Tecpar atesta a conformidade de todos os itens analisados nos quesitos qualidade dos processos e gestão empresarial. É preciso atender mínimos de 80% nos processos de qualidade e de 50% em gestão para conquistar a certificação.

Receita contra crise


A coordenadora do Sebrae afirma que a iniciativa contribuirá para que o setor cresça mesmo diante das perspectivas econômicas nebulosas para o País neste ano. "Em um mercado em crise como o atual, aumenta a competitividade baseada nos preços mais baixos. Porém, as empresas participantes poderão negociar com compradores ao mostrar diferenciais, porque, quando se fala em segurança e qualidade de alimentos, os supermercados preferem pagar mais", diz. Ela afirma que é mais caro para o varejista ter de arcar com os prejuízos de produtos de baixa qualidade ou mesmo estragados do que pelo valor de compra.

Ainda, há maior eficiência na administração do negócio. "O que percebemos é que os participantes ficam mais saudáveis na gestão empresarial", diz Andreia.

 

Fonte: Folhaweb

Categoria: Agronegócio, Investimento, Norte do Paraná, Paraná
Tags: Agronegócio, Investimento, Paraná

Enviar comentário

voltar para Notícias

left tsN fwR uppercase show|left tsN fwR uppercase bsd b01s|left fwR uppercase show bsd b01s|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd c10|fsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase b01 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase bsd b01|content-inner||