Plano Socioeconômico de Maringá

Publicado em 13/10/2016 às 11h19

Depois de dez meses de trabalho, o ‘plano estratégico socioeconômico para a cidade de Maringá’, que aponta as áreas de futuro da economia, foi entregue em 6 de outubro, na sede da Associação Comercial e Empresarial de Maringá (ACIM). O estudo conduzido pela PwC Brasil foi entregue para os presidentes da ACIM e do Conselho de Desenvolvimento Econômico de Maringá (Codem). O prefeito Roberto Pupin também recebeu uma cópia. No mesmo evento o Grupo Maringá de Comunicação lançou o anuário da economia 2016-2017 ‘A grande região de Maringá’, que traz parte dos resultados do plano socioeconômico.

O presidente da ACIM, José Carlos Valêncio, ressaltou a alegria de a entidade estar concluindo a primeira fase do Masterplan – na próxima etapa será contratada outra consultoria de atuação internacional que fará o planejamento urbanístico (físico-territorial) para as próximas décadas. “Maringá é uma cidade planejada desde sua fundação”, reforçou. Já o presidente do Conselho de Desenvolvimento Econômico de Maringá (Codem), Edson Cardoso, agradeceu o apoio irrestrito das pequenas e grandes empresas que custearam a contratação do estudo, inclusive a ACIM. “Como o Codem não tem conta bancária, nem estrutura de empresa, todos os aportes financeiros passaram pela conta da ACIM. Agradeço também os aportadores principais que acreditaram e confiaram no projeto e por conta disto podemos contratar a PwC: ACIM, Sicoob Metropolitano, Viapar, Usina Santa Terezinha, TCCC, Unimed, Coopercard, Cidade Canção, Sicredi, Cocamar e Supermercados Cidade Canção”. Ele também destacou que várias empresas de pequeno e médio porte contribuíram com serviços, como os hotéis que doaram diárias e os restaurantes que serviram as refeições para a equipe da PwC, os donos de postos que doaram combustíveis para que os taxistas pudessem fazer o transporte dos técnicos que vieram a Maringá. “Pessoas físicas doaram milhas de passagens aéreas. Este é o povo de Maringá que nos dá orgulho e satisfação. O Codem está em festa”

O reitor da Unicesumar, Wilson de Matos Silva, destacou o processo de colonização. “Maringá é uma cidade privilegiada desde seus primeiros momentos. Planejada com o grande investimento do capital, mas como uma visão social. Os primeiros lotes eram minifúndios de terra fértil, portanto de elevado potencial de negócios. Isto atraiu pessoas empreendedoras, com visão de futuro”. Na opinião do presidente do comitê gestor do Masterplan, Wilson Yabiku, “esta reunião vai ficar para a história de Maringá. A cidade cresceu rapidamente, nos deu um conforto excepcional para criar nossos filhos e netos, mas agora precisa ser replanejada. O Masterlpan não é coisa nova, mas um forte instrumento para a economia ser vibrante, com foco no cidadão. Chegou a hora de retribuir da melhor forma possível, por meio deste projeto que possa garantir um futuro brilhante, como tivemos até hoje”.

 

Áreas de futuro        

O sócio da PwC Brasil e responsável pelo estudo, Jerri Ribeiro, apresentou parte dos resultados do trabalho que envolveu dez consultores, inclusive o líder global de cidades da firma, Hazem Galal, e a análise de mais de três mil indicadores econômicos e sociais. Também foram realizadas entrevistas individuais junto às lideranças locais e a participação de mais de 180 empresários e lideranças em workshops setoriais. “Maringá não tem grandes problemas e está procurando se planejar para continuar no processo de prosperidade”, ressaltou.

O estudo revelou três áreas do futuro e os dez setores potenciais para a economia local (alguns já têm grande relevância atualmente). Na área de indústria limpa e alta tecnologia têm grande potencial os setores de moda e design; química; biotecnologia; farmacologia; e aeronáutico. Na área de serviços de excelência, os destaques das próximas décadas deverão ser tecnologia da informação; serviços da saúde (health care); educação; serviços financeiros e seguros. E outro grande setor potencial será a cadeia de valor do agronegócio

Para chegar os resultados os consultores analisaram o documento ‘Maringá 2030’, elaborado pelo Codem; o estudo do planejamento do Parque Tecnológico de Maringá da Fundação Certi; as vocações de Maringá, o que significou estudar a história da cidade, composição detalhada do Produto Interno Bruto (PIB) entre 2009 e 2014, e o que cada setor representa para a economia em relação a emprego e volume de negócios.

Depois, eles recorreram à técnica de data analytics para analisar o estágio de desenvolvimento de Maringá e compará-la aos 5,5 mil municípios brasileiros, com base em mais de 2,5 mil indicadores sociais e econômicos. As áreas do futuro foram identificadas levando, ainda, em consideração, as cinco megatendências que transformarão a sociedade, meio ambiente e os negócios até 2030, segundo estudo global da PwC. São elas: avanços tecnológicos, mudanças climáticas e escassez de recursos, mudanças demográficas, deslocamento do poder econômico global e urbanização acelerada.

A PwC aponta, no documento, uma governança para o acompanhamento e implantação dos planos de ação.

 

Masterplan

Com atuação em mais de 150 países, a PwC Brasil foi contratada após lideranças terem feito uma análise criteriosa de quem conduziria o estudo. O plano socioeconômico é a primeira etapa do masterplanejamento para Maringá até 2047, quando a cidade completará cem anos. Na segunda etapa outra consultoria de atuação internacional será contratada, para com base neste relatório socioeconômico, definir o planejamento urbanístico (físico-territorial) para a cidade continuar crescendo de forma ordenada, com locais para instalação de espaços públicos, moradias, indústrias, entre outros. Novamente o estudo deverá ser custeado pela iniciativa privada.

 

Fonte: ACIM 

Enviar comentário

voltar para Notícias

left tsN fwR uppercase show|left tsN fwR uppercase bsd b01s|left fwR uppercase show bsd b01s|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd c10|fsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase b01 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase bsd b01|content-inner||