Tecnologia em destaque na ExpoLondrina 2017

Publicado em 03/02/2017 às 11h28

A ExpoLondrina 2017 vai ampliar o espaço para a tecnologia e inovação. A feira que ocorre de 30 de março a 9 de abril, no Parque de Exposições Governador Ney Braga, tem como tema "Agronegócios, Tecnologia e Novos Horizontes". Uma das atrações será o pavilhão Smart Agro, que também abrigará a segunda edição do Hackathon Paranaense de Agronegócio. 

O pavilhão com 2 mil metros quadrados terá 30 espaços para fornecedores de tecnologia voltada ao setor. "Teremos vários eventos de comércio internacional, palestras, cursos, workshops sobre TI destinados ao agro", comenta Herverson Feliciano, gerente regional do Sebrae. 

Startup´s e investidores terão oportunidade de conhecer os projetos em desenvolvimento. Os visitantes também poderão participar do Expo no Campo. Serão visitas técnicas a propriedades rurais e empresas consideradas modelos da região. 

Nos últimos três dias da feira, o Smart Agro vai sediar a segunda edição do Hackathon, que reúne programadores, designeres e empreendedores em uma maratona de desenvolvimento de softwares. Eles têm que desenvolver o programa definido pela organização em tempo recorde. Os projetos precisam ser de soluções inéditas, criativas e tecnológicas. 

Na edição de 2016, 16 projetos foram apresentados. Destes, 13 estão sendo acompanhados pelo Sebrae e três já estão incubados. De acordo com Feliciano, o agronegócio está na sua segunda geração e "uma revolução só será possível com a ajuda do TI". Na opinião dele, hoje existe dados disponíveis, principalmente na agricultura de precisão, que precisam da tecnologia para se transformar em ganho no campo. 

Para estimular o desenvolvimento desta área, a Sociedade Rural do Paraná, organizadora da ExpoLondrina, vai montar uma aceleradora embrionária para startup's. Inicialmente, serão mantidos seis projetos. O diretor comercial da Sociedade Rural, Nivaldo Benvenho, explicou que os projetos selecionados serão acompanhados por seis meses e receberão assessorias técnica e jurídica. 


NEGÓCIOS 


A edição de 2017 da feira marca os 70 anos de fundação da Sociedade Rural do Paraná (SRP). A expectativa é que o evento mantenha os mesmos números de público, expositores e negócios do ano passado. 

"A nossa meta é manter os números de 2016. A crise provocou uma contração das despesas, mas estamos vendo uma luz no fim do túnel, com a estimativa de queda da inflação e as negociações do agro no exterior têm sido boas", afirmou o presidente da SRP, Afrânio Brandão. 

Em 2016, a feira movimentou R$ 400.210.935,00. Foram fechados R$ 210 milhões em negócios financiados. O público chegou a quase 500 mil pessoas. "Só no último domingo de feira tivemos entre 60 mil a 70 mil pessoas no parque", comentou Brandão. Para garantir o volume de público, a Sociedade Rural decidiu manter os mesmos preços para entrada e shows do ano passado. 

A ExpoLondrina 2017 terá a participação de 30 raças de bovinos, equinos e outros animais. Serão cerca de 5 mil animais. Estão agendados 20 leilões, cursos, palestras, exposição de maquinário e equipamentos agrícolas. Já confirmaram presença os bancos Sicred, Sicoob, Caixa e BRDE. 

A agenda de shows tem nomes de sucesso do cenário sertanejo como Gustavo Lima, Jorge e Mateus, Henrique e Juliano, Maiara e Maraísa e Marília Mendonça. Para os mais saudosistas, no dia 2 de abril terá show de Amado Batista.

 

Fonte: Folha de Londrina

Enviar comentário

voltar para Notícias

left tsN fwR uppercase show|left tsN fwR uppercase bsd b01s|left fwR uppercase show bsd b01s|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd c10|fsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase b01 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase bsd b01|content-inner||