Newsletter Maio/2019 – Encontros internacionais são sucesso e consolidam papel da Terra Roxa na região e muito mais!

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Newsletter Terra Roxa
Terra Roxa Investimentos

Número 91 – Maio de 2019

EXPOLONDRINA 2019 – Encontros internacionais são sucesso e consolidam papel da Terra Roxa na região

As atividades da Agência Terra Roxa durante a 59º ExpoLondrina fizeram parte da agenda de mais de 140 eventos técnicos, dentre os voltados ao agronegócio, como também iniciativas de promoção ao relacionamento internacional com potenciais parceiros. Há 27 anos a exposição agropecuária também é considerada internacional, recebendo visitantes de outros países, através do empenho da diretoria de relações internacionais da Sociedade Rural do Paraná aliada à aproximação feita junto à Terra Roxa. Estes visitantes internacionais aproveitam o evento de grande relevância nacional para conhecer o agronegócio brasileiro, a região e as possíveis oportunidades negócios que o Norte do Paraná oferece.

O presidente da Terra Roxa, Valter Orsi ressalta o aumento nas atividades ocorridas este ano em relação a 2018. “A parceria oferecida pela Sociedade Rural do Paraná foi de suma importância para aproximar os interesses dos empresários e investidores da região com as delegações estrangeiras que estiveram na região por ocasião da ExpoLondrina. Em nome da Terra Roxa agradeço à Sociedade Rural pela abertura e apoio nestas iniciativas que puderam reunir cerca de 400 participantes somando-se todos os eventos realizados.”


Os encontros com representantes e entidades internacionais foram realizados no espaço do Pavilhão Smart Agro. Em quatro dias de recepções foram ouvidos agentes do Paraguai, Austrália, estado da Flórida (Estados Unidos) e Israel. Abaixo alguns detalhes de cada ocasião.

PARAGUAI

 O evento realizado no dia 8 de abril, trouxe o Coordenador do Gabinete Civil do Presidente da República do Paraguai, Carlos Paredes Astigarraga, acompanhado de uma comitiva com mais dez integrantes, sendo eles empresários, lideranças políticas e institucionais. Em sua palestra, Astigarraga apresentou dados da economia do país e vantagens da localização que facilitam a conexão logística por estradas até os portos mais próximos. Em destaque, o setor de alimentos e agroindustrial como maior potencial de investimento, além da possibilidade de expansão das fronteiras agrícolas em três vezes em relação ao atual território dedicado à prática. Estiveram presentes mais de 70 empresários, que demonstraram interesse em considerar o país vizinho como uma plataforma de atuação internacional para seus negócios.

AUSTRÁLIA

No dia 9 de abril, o auditório Inovação no Pavilhão Smart Agro recebeu a apresentação de Fábio Nave, diretor de investimento da comissão australiana de comércio e investimento para o setor de agronegócio, que veio acompanhado do Consul Geral da Austrália no Brasil, Greg Wallis. O principal atrativo para investimento no Austrália, além da qualidade de vida e disponibilidade de áreas e recursos, é a proximidade com mercados asiáticos – que concentra 60% da população mundial. Nave também destacou o apoio oferecido pela Austrade – agência de promoção de exportações e atração de investimento do governo federal australiano. A agência oferece suporte gratuito e confidencial desde o contato inicial para projetos.

O evento teve apoio do Centro Internacional de Negócios do Paraná, FIEP (Federação das Indústrias do Estado do Paraná), ACIL (Associação Comercial e Industrial de Londrina).



ESTADOS UNIDOS – OPORTUNIDADES NA FLÓRIDA – LONDRINA E MARINGÁ

O evento “Como Ingressar e Investir no Mercado Norte Americano” foi realizado na manhã de 10 de abril. A Câmara de Comércio Brasil-Estados Unidos da Flórida (BACCF) apresentou a organização fundada em 1981 e bastante ativa no fomento de negócios entre Brasil e o estado americano da Flórida.

Aproveitando a vinda da comitiva para a região, a Terra Roxa levou o mesmo evento para a cidade de Maringá no dia anterior, realizando em parceria com o Unicesumar e a Foraster Agro.

O Brasil é o principal destino das exportações do estado americano para produtos eletrônicos como televisores, computadores e equipamentos industriais. A presença de uma fábrica da Embraer na Flórida também impulsiona o comércio de aviões e seus componentes entre Brasil e Estados Unidos. Também foram realizadas apresentações sobre aspectos jurídicos para abertura de filiais e franquias, obtenção de vistos, operações financeiras e processos logísticos, além de uma introdução sobre o ambiente de tecnologia e inovação no estado da Flórida. Foi anunciada para setembro a 15ª edição do seminário em Doral, nas proximidades de Miami, para apresentar casos de sucesso, relatos sobre possíveis dificuldades, e também realizar visitas técnicas ao centro de distribuição da FedEX e à prefeitura de Doral. Previsto para durar três dias, a ideia é seguir promovendo o potencial de negócios entre as duas regiões.

Os eventos tiveram apoio do Banco do Brasil Americas, Center Group, Fedex Express, FranPassport, IMgroup, Piquet Law Firm, Acil, Acim, Cacinp, Cacinor, CIN, FIEP, Instituto Mercosul, OAB Londrina e contaram com o patrocínio da Foraster Agro Inteligência e Sebrae Paraná.

ISRAEL

Os representantes do consulado de Israel, Itzhak “Tsahi” Consul comercial de Israel no Brasil e Ana Felisardo, diretora do Israel Trade & Invest, foram recebidos no dia 11 de abril, no estande do Sebrae no Pavilhão Smart Agro para reuniões com representantes do grupo Cosan (Rumo e Raízen), da Cooperativa Integrada, do SEBRAE, de governança agronegócio SRP Valley e da Agência Terra Roxa. Foram discutidas possibilidades de atuação com a Apex Brasil (Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos), perspectivas com o recente acordo assinado entre os dois países e com o cenário político de eleições em Israel.



Também foi possível o contato dos visitantes com a delegação do governo do Paraná que prestava expediente na feira, assim conversando com o Vice-governador Darci Piana e o Presidente da Agência Paraná de Desenvolvimento, José Eduardo Bekin.

OFICINAS DE CONTEXTUALIZAÇÃO DO PLANO METRÓPOLE PARANÁ NORTE

Nos dias 24, 25 e 26 de abril, as cidades de Londrina, Apucarana e Maringá, respectivamente, receberam as Oficinas de Contextualização da fase de diagnóstico do Plano da Metrópole Paraná Norte. Estiveram presentes os representantes municipais indicados pelo governo estadual e as equipes de acompanhamento da sociedade civil organizada, eleitas anteriormente.

 Os dois principais objetivos do encontro eram discutir o relatório de contextualização inicial de cada município, para que os presentes pudessem analisar, debater e propor novas indicações ou referências de informação. Após esta elaboração em conjunto, a versão final do documento será apresentada em audiência pública com data ainda a ser divulgada.

 A segunda atividade foi a elaboração de uma matriz SWOT, ferramenta que colabora para elencar forças e fraquezas, como também oportunidades e ameaças dos cenários avaliados. Nesta etapa a participação dos presentes também foi livre para novas contribuições. Nas palavras do diretor executivo da Terra Roxa, Alexandre Farina, a participação dos presentes nas três ocasiões foi efetiva e as informações levantadas vão enriquecer esta fase de análise inicial da região.

Segundo o coordenador do Plano Metrópole Paraná Norte, Cláudio Krüger, ficou provado o interesse dos municípios menores em conseguirem através do Plano uma sinergia com as cidades-polo para que toda a região seja beneficiada. Seria uma forma de diminuir o desnível socioeconômico entre as cidades mais avançadas nos planejamentos – como Londrina e Maringá – e os municípios menores.

O presidente da Terra Roxa, Valter Orsi, reitera que a participação em todas as fases do Plano é importante para que o processo se consolide e ganhe maturidade conforme as etapas avançam. Aos participantes do  grupo de acompanhamento, da mesma forma, ao atuar ativamente em todas as fases tendem a colher resultados com muito mais qualidade e abrangência, o que beneficia a todos.

EXPOINGÁ 2019

 A 47º Exposição Agropecuária, Industrial e Comercial de Maringá iniciou no dia 9 de maio. Durante os dez dias de evento serão apresentadas pesquisas, tendências para agropecuária e conhecimentos deste setor. A Terra Roxa espera que os eventos técnicos consigam mais uma vez oportunizar o encontro de interessados em ampliar negócios com a cidade e região.

Em 2019, o Fórum Internacional de Negócios (FIN) traz a palestra “Missão Mundo por Terra”, de Roy Rudnick, administrador e especialista em marketing e finanças. Ele e sua esposa, a arquiteta Michelle Weiss, percorreram mais de 100 países em um motorhome e vão mostrar como as experiências vividas servem de comparação entre o projeto pessoal e a atuação das empresas no mercado internacional. O Fórum será no dia 15 de maio, das 19h às 21h30, no Restaurante Central do Parque Internacional de Exposições Francisco Feio Ribeiro. Inscrições gratuitas ainda podem ser feitas pelo link http://fnimaringa.com.br/2019/

 A Terra Roxa apoia, juntamente com o Instituto Mercosul da ACIM (Associação Comercial e Industrial de Maringá), a agenda internacional que acontece na feira. Assim como irá atuar junto ao governo do Estado – por ocasião da transferência temporária do gabinete durante a ExpoIngá para a cidade – em prol da sequência do Plano Metrópole Paraná Norte, que é coordenado pela Secretaria Estadual de Coordenação e Planejamento e executado pelo consórcio das empresas Cobrape e Urbtec. O financiamento do projeto foi obtido no Banco Mundial. Através desta iniciativa, será realizado um encontro entre o Governo do Estado e prefeitos e técnicos das cidades contempladas pelo Plano no dia 16 de maio.

Missão:

”Ser um agente independente para atrair novos investimentos e promover negócios, integrando e desenvolvendo os setores econômicos da região Norte do Paraná”.


Caso não desejar receber mais este informativo, por gentileza responda esta mensagem com o assunto REMOVER.