Newsletter Março/2019 – Agenda internacional da ExpoLondrina tem apoio da Terra Roxa, Conselho de Desenvolvimento de Rolândia e muito mais!

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Newsletter Terra Roxa
Terra Roxa Investimentos

Número 90 – Março de 2019

Agenda internacional da ExpoLondrina tem apoio da Terra Roxa

Em mais um ano de parceria, a Agência de Desenvolvimento Terra Roxa será a responsável pela agenda internacional da ExpoLondrina, numa parceria com a diretoria de Relações Internacionais da Sociedade Rural do Paraná. Por enquanto, estão confirmadas as participações de representantes do Paraguai, Estados Unidos, Austrália e Israel, que vêm em busca de oportunidades de negócios multissetoriais. Na pauta dos encontros, estará a apresentação de possibilidades de interação do ecossistema de inovação existente no Norte do Paraná com os mercados dos países participantes.

 Os encontros serão realizados no Pavilhão Smart Agro, no espaço Londrina Internacional e, para o diretor-executivo da agência, Alexandre Farina, serão grandes oportunidades de interação com importantes mercados.

Entre os eventos marcados para o espaço Londrina Internacional, está a terceira edição na região do Roadshow Brasil-Flórida, que acontece, no Brasil, há cerca de 10 anos.

A programação, ainda sujeita a alterações, prevê o encontro com representantes do Paraguai no dia 8 de abril; com representantes da Austrália no dia 9; com a Câmara da Flórida no dia 10; e com Israel ainda a ser definida entre os dias 11 e 13.

A agenda mais detalhada, com os dias e horários de cada encontro definidos, será divulgada pelos sites da Terra Roxa (www.terraroxa.org.br) e da ExpoLondrina (www.expolondrina.com.br). A Expolondrina acontece de 5 a 14 de abril, no Parque de Exposições Ney Braga, em Londrina.

Sob nova gestão, Peiex será apresentada em Londrina e Maringá

 Outra agenda em que a Terra Roxa está trabalhando dentro da ExpoLondrina é o lançamento do Programa de Qualificação para Exportação (Peiex) que, no Norte e Noroeste do Estado, está agora sob a gestão da Unicesumar. O programa é desenvolvido pela Apex-Brasil – Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos.

Nesta nova configuração, o Peiex terá duas sedes – uma em Maringá e outra em Londrina, dentro dos campi da Unicesumar – formando um grande núcleo, sob coordenação de Nivaldo Forastieri. Em entrevista recente à Terra Roxa, Forastieri disse que a expectativa do trabalho é levar mais empresas para atuarem no mercado internacional.

O lançamento, em Maringá, deverá acontecer no Campus da UniCesumar, com a realização do Road Show Brasil Flórida. E, em Londrina, com um evento para apresentação de oportunidades no Paraguai, dentro da programação internacional da ExpoLondrina.

Rolândia terá Conselho de Desenvolvimento

 A cidade de Rolândia, no Norte do Paraná, terá, nos próximos meses, o seu Conselho de Desenvolvimento Econômico, Sustentável e Estratégico – Codese, que vem sendo estruturado desde meados do ano passado com consultoria técnica de Márcia Santin, tendo a ACIR – Associação Comercial e Empresarial de Rolândia, Sebrae e Agência de Desenvolvimento Terra Roxa, como agentes fomentadores, entre outros diversos parceiros locais.

“Nosso papel foi importante no processo de mobilização e estruturação do Conselho, buscando interação com exemplos de sucesso presentes na região e no país”, comentou o diretor-executivo Alexandre Farina. Um dos exemplos que o Codese se espelhou foi o Codem – Conselho de Desenvolvimento de Maringá, pioneiro entre os conselhos da região e reconhecido em todo país.

No processo de estruturação do Conselho, foram realizadas, no final de fevereiro, reuniões na ACIR e Câmara de Vereadores, que contaram com grande participação da sociedade civil de Rolândia. O objetivo das reuniões foi divulgar o papel do Codese como órgão que irá discutir e zelar pelo desenvolvimento, assim como balizar a visão de futuro do município.

 O projeto de lei que cria o Conselho está sendo elaborado e prevê a participação de 21 membros: cinco do poder público (Executivo e Legislativo), cinco da área empresarial (via ACIR), duas vagas para instituições privadas de ensino superior e médio, uma vaga para entidades profissionais (OAB, associação de engenheiros e arquitetos e associações culturais, por exemplo), três vagas para clubes de serviço e loja maçônica, três vagas para entidades religiosas,um representante da Federação das Indústrias do Paraná (FIEP) e outro do Sebrae.

Com a implantação do Conselho, Rolândia se tornará pioneira nessa iniciativa na região metropolitana de Londrina.

Realizada reunião de engajamento da Metrópole Paraná Norte

 Partindo de uma iniciativa da Terra Roxa, de lideranças e parceiros ligados ao Plano de Desenvolvimento Regional Sustentável da Metrópole Paraná Norte, aproximadamente 50 pessoas, entre elas representantes dos poderes legislativo e executivo, instituições e empresas, se reuniram na sede da Associação Comercial e Industrial de Londrina (ACIL) no dia 22 de fevereiro para discutir o status atual, as perspectivas e os desafios, além de reforçar a importância do projeto para a região. Os participantes eram representantes de entidades de classe e de prefeituras da maioria das 15 cidades envolvidas no projeto do governo do Estado com apoio do Banco Mundial.

O Plano foi lançado em março de 2018 e, recentemente, foi concluída a fase de diagnóstico, a qual gerou um vasto conteúdo de dados e informações nas temáticas: socioterritorial, meio ambiente, infraestrutura, economia e institucional.

A partir de meados de abril, serão realizadas oficinas de planejamento, envolvendo os protagonistas do processo: o poder público e as instituições da região.

A reunião realizada na ACIL não fez parte do cronograma oficial de desenvolvimento do Plano, mas foi importante para manter o assunto no foco das entidades, poder público e instituições. “Para um maior engajamento, é importante acompanharmos de perto todo o processo”, analisa Alexandre Farina, diretor-executivo da Terra Roxa, entidade que acompanha o processo desde o seu início.

O Plano de Desenvolvimento Regional Sustentável da Metrópole Paraná Norte visa à criação de um grande corredor de desenvolvimento unificado e sustentável unindo as cidades de Apucarana, Arapongas, Cambé, Cambira, Ibiporã, Jandaia do Sul, Jataizinho, Londrina, Mandaguaçu, Mandaguari, Marialva, Maringá, Paiçandu, Rolândia e Sarandi. Juntos, esses municípios concentram 15% da população e quase 14% do PIB do Estado.

Representante do Canadá visita a região

 Nos dias 27 e 28 de fevereiro, a Agência Terra Roxa recebeu a representante do consulado geral do Canadá no Rio de Janeiro, Laura Netto, responsável por promover o setor de energias renováveis.

A Terra Roxa acompanhou e organizou a agenda do consulado na região. Foram feitas visitas e reuniões com Sercomtel e Sercomtel Iluminação, Romagnole Produtos Elétricos, ER-BR Energias Renováveis e Effortech Technology. Parte das agendas ocorreram no Sindimetal Londrina. Em pauta, estiveram as oportunidades de relacionamento, investimentos, assim como parcerias comerciais e tecnológicas dos setores de energia do Brasil e Canadá.

Além das reuniões na região, a Terra Roxa também contribuiu com a organização da agenda que foi realizada no Conselho Temático de Energia da FIEP, em Curitiba.

Alinhando o planejamento dos protagonistas do comércio exterior da região

 Outra importante atividade de iniciativa da Terra Roxa em fevereiro foi a realização da I Reunião dos Agentes de Fomento e Desenvolvimento de Comércio Exterior de Londrina & Região, que contou com as presenças da Associação Comercial e Industrial de Londrina (ACIL), por meio da diretoria de Relações Internacionais; Coordenadoria das Associações Comerciais e Empresariais do Norte do Paraná (CACINP); Federação das Indústrias do Estado do Paraná (FIEP), Ponta Negra Logística, atual concessionária do Terminal de Cargas Aéreas de Londrina; Codel, OAB e Sebrae.

O intuito da reunião foi apresentar e discutir as ações de cada instituição, relacionadas às atividades de negociações internacionais, para buscar sinergias entre os agentes atuantes no comércio exterior.

Alexandre Farina avalia que os agentes puderam se conhecer melhor e discutir suas iniciativas atuais e perspectivas futuras. “Saímos da reunião com uma agenda propositiva, com intuito de mantermos um vínculo constante de interação”, disse.

Smart City Expo Curitiba 2019 vai incluir rodadas de negócios e reunir 6 mil participantes

O iCities, a FIRA Barcelona e a Prefeitura Municipal de Curitiba realizarão o Smart City Expo Curitiba 2019, a segunda edição brasileira do maior evento sobre cidades inteligentes do mundo. A expectativa é de receber pelo menos seis mil pessoas, representantes de 80 cidades brasileiras e de 25 cidades do exterior, durante os dias 21 e 22 de março de 2019, no Expo Barigui, em Curitiba. A Agência Terra Roxa é apoiadora desta iniciativa.

Entre as novidades da edição de 2019 está a duplicação da área de exposição com soluções para cidades inteligentes e a ampliação da área de congresso, que abrigará mostras paralelas e terá capacidade para receber mais de 1,6 mil pessoas simultaneamente. Também serão implementadas rodadas de negócios destinadas a empresários e executivos das mais diversas áreas.

 As palestras e debates terão quatro temáticas principais: viabilizando tecnologias para cidades inteligentes, governança em cidades digitais, cidades criativas, sustentáveis e humanas e planejando cidades inovadoras e inclusivas. Além das novas tecnologias e inovações para diversas áreas das cidades o tema para 2019 é “Planejando as cidades que queremos”. Sob este aspecto do planejamento urbano e implementação de soluções, a organização do Smart City Expo anunciou a vinda de urbanistas consagrados mundialmente. Os nomes serão definidos em Barcelona, em novembro, durante o congresso mundial.

Assim como na primeira edição, as startups curitibanas poderão exibir suas soluções e produtos na Smart Plaza Vale do Pinhão, espaço destinado a promover o ecossistema de desenvolvimento da cidade, destacou Cris Alessi, presidente da Agência Curitiba de Desenvolvimento. A parceria com a Frente Nacional dos Prefeitos (FNP) também será mantida para receber administradores municipais de todo o Brasil.

Missão:

”Ser um agente independente para atrair novos investimentos e promover negócios, integrando e desenvolvendo os setores econômicos da região Norte do Paraná”.


Caso não desejar receber mais este informativo, por gentileza responda esta mensagem com o assunto REMOVER.