Newsletter Março-Abril/2018 – Lançamento do Plano Metrópole Paraná Norte é um marco para a região e muito mais!

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Newsletter Agência Terra Roxa – março/abril 2018
Terra Roxa Investimentos

Número 83 – Março/Abril de 2018

Lançamento do Plano Metrópole Paraná Norte é um marco para a região

O lançamento do Plano Metrópole Paraná Norte, no último dia 22 de março, em Londrina, pelo governador Beto Richa, consolida um trabalho que a Terra Roxa vem acompanhando há anos e que considera essencial para a potencialização de seu trabalho.

A Terra Roxa teve papel ativo na construção do Termo de Referência para a execução do plano. Em outubro 2015, durante a gestão do então presidente José Carlos Valêncio, recepcionou o gerente de projetos do Banco Mundial, Satoshi Ogita, em visita a Maringá, Londrina e Apucarana. Era o início dos trabalhos para a elaboração do Termo, para o qual a Terra Roxa forneceu informações importantes, levando em conta os dados da economia regional, população, emprego, mão de obra de cada município envolvido, entre outras áreas.

“Para nós, o Plano Metrópole Paraná Norte é um marco. Estamos muito felizes porque se trata de um trabalho que participamos desde o início e que simboliza os conceitos de atuação da Terra Roxa. Nossa agência trabalha com a visão de futuro sustentável e integrada do Norte do PR, visando o desenvolvimento regional de forma organizada e consistente”, comenta o presidente da TR, Valter Orsi.

Conforme anunciado pelo governador, o Plano Metrópole Paraná Norte busca garantir o desenvolvimento regional sustentável do eixo que abrange Londrina, Apucarana e Maringá, incluindo 15 municípios que concentram 15% da população do Estado e 14% do PIB paranaense. Os 15 municípios, com aproximadamente 2 milhões de habitantes, são Apucarana, Arapongas, Cambé, Cambira, Ibiporã, Jandaia do Sul, Jataizinho, Londrina, Mandaguaçu, Mandaguari, Marialva, Maringá, Paiçandu, Rolândia e Sarandi.

Os trabalhos serão desenvolvidos em cinco etapas: elaboração do plano de trabalho, contextualização da região, construção de cenários e visão de futuro, elaboração do plano de ação e, por fim, conferência regional. O Metrópole Paraná Norte é financiado pelo Bird no valor de R$3,5 milhões e faz parte de uma captação do governo do Estado, no qual abrange ações em saúde, educação, meio ambiente, agricultura, planejamento e gestão, totalizando cerca de R$1,1 bilhão em financiamentos.

Para Orsi, que acompanhou o anúncio do projeto na Acil, uma das principais atividades da Terra Roxa de agora em diante será o acompanhamento dos trabalhos, assessorando e orientando os estudos, “para termos um documento que norteie as ações presentes e futuras da Terra Roxa”. Ele observa que lideranças e administradores terão que ter comprometimento e trabalhar juntos na compatibilização dos interesses que possam, realmente, promover o desenvolvimento regional.

Representante do setor alemão de máquinas agrícolas traz associados ao Brasil

 Porta-voz mais importante da indústria de engenharia mecânica da Alemanha, a VDMA (Associação de Máquinas Agrícolas daquele país) trouxe para o Brasil 30 de seus associados para conhecerem propriedades e cooperativas ligadas ao leite, pecuária e grãos. A região Norte do Paraná foi inserida no roteiro e coube à Agência de Desenvolvimento Terra Roxa, a convite da agência Pé-Vermelho Tours, receber a comitiva, que passou por vários estados brasileiros e seguiu, após passar pelo Paraná, para outros países da América do Sul. O diretor da Terra Roxa, Adrian von Treuenfels, que também é Cônsul Honorário da Alemanha no Norte do Paraná, recebeu os visitantes na região.

A visita da delegação ocorreu nos dias 13 e 14 de março e foi acompanhada também pelo adido agrícola da embaixada alemã no Brasil. Tratou-se, segundo o diretor executivo da Terra Roxa, Alexandre Farina, de uma missão prospectiva, com intuito de conhecimento, novos contatos e visitas técnicas.

Empresa ligada ao meio ambiente também visitou a região

Também em março, outra visita alemã na região com o intuito de prospectar negócios foi da empresa Huning Group, especializada em equipamentos e tecnologia direcionadas aos setores de biomassa, biogás, coleta seletiva e dragagem de lagos, rios e nascentes.

A Terra Roxa apresentou a região e as oportunidades de negócios no Estado, tendo o Norte do Paraná como ponto de partida para a implantação da empresa que tem interesse em atuar em todo o mercado brasileiro.

Já estão adiantadas as negociações para a próxima visita, quando haverá uma agenda de negociações e visitas a empresas e órgãos públicos.

Consulado do Canadá envia representante ao Norte do Paraná

 Com foco nos setores metalmecânico, construção civil e educacional, o representante comercial do Consulado Geral do Canadá no Brasil, Paulo Orlandi, esteve no Norte do Paraná, acompanhado pela equipe da Terra Roxa, no período de 19 a 21 de março. Foram várias visitas, incluindo Sinduscons, Sindimetais, Universidade Estadual de Londrina, Universidade Estadual de Maringá, Institutos Senai de Tecnologia, Unicesumar, Incubadoras e Aceleradoras e outros integrantes do ecossistema de inovação do Norte do Paraná.

O interesse canadense nas áreas citadas passa pelo viés tecnológico. Segundo Farina, Orlandi discutiu durante as agendas as novas tecnologias disponíveis no mercado canadense aplicáveis ao mercado brasileiro.

“Há uma lista de empresas do Canadá interessadas em fazer parcerias com empresas brasileiras”, adiantou Farina.

 Orlandi também apresentou feiras realizadas no Canadá e que podem ser de interesse do mercado regional. A Terra Roxa continuará o trabalho, agora, para que os contatos iniciados prosperem e sejam realizados bons negócios.

Hackathon da Construção Civil

Uma grande maratona tecnológica voltada ao setor da construção civil será realizada em Londrina no segundo semestre e a Terra Roxa foi convidada para fazer parte do comitê organizador do evento. O Hackathon da Construção Civil é uma iniciativa do Sinduscon Norte do Paraná, Senai, Sebrae e demais parceiros.

“A cultura de desenvolvimento de Hackathons vem se fortalecendo, por ser uma forma dinâmica de incentivar inovação e empreendedorismo”, comenta Valter Orsi, presidente da Terra Roxa.

Uma ação prática da TR será a conexão dessa iniciativa junto a oportunidades no mercado internacional. Uma delas foi a visita do representante comercial do Consulado Geral do Canadá no Brasil, Paulo Orlandi, que já mostrou interesse em colaborar no planejamento do evento.

TR será parceira em mais uma Expo Londrina

Uma das atividades é a Expo no Campo, na sua segunda edição, que apresenta aos visitantes projetos inovadores implantados em propriedades rurais da região, por meio de visitas técnicas.

Uma novidade na Expo Londrina envolve um estande dentro do Pavilhão Smart Agro – a Londrina Internacional, que busca apresentar a posição de Londrina e seus setores econômicos no mercado internacional.

 “Vamos também incentivar o mercado local a ter uma participação mais ativa no mercado internacional. Para isso, teremos ainda uma programação especial para tratar do mercado internacional”, informa Alexandre Farina, diretor executivo da Terra Roxa.

No dia 12 de abril, durante a manhã, serão ministradas palestras sobre o mercado americano.

A diretora de Relações Internacionais da Sociedade Rural do Paraná, entidade organizadora da Expo Londrina, e secretária do Conselho Fiscal da Terra Roxa, Luly Barbero, diz que o estande terá um papel informativo. “Queremos mostrar o quê e para onde as empresas locais exportam.

Londrina exporta para 102 países e vamos mostrar alguns desses produtos no estande”, informa. Ela comenta ainda que o estande é um embrião de um projeto que pretende fortalecer a programação internacional na Expo Londrina ano a ano.

 As palestras que serão realizadas no dia 12, do período da manhã, estão sendo organizadas em parceria com a Câmara Brasil-Flórida e Peiex. A Expo Londrina foi inserida no roadshow da Câmara, que passará por vários locais no Brasil. Maringá também está inserida no roteiro e receberá as palestras no dia 11, na Casa da indústria da FIEP, no período da manhã.

Recepção ao cônsul de Israel

Empresários e dirigentes de entidades recepcionaram, no início de fevereiro, o cônsul de Israel no Brasil, Itzhak Reich, no Recinto Milton Alcover, no Parque Ney Braga, em Londrina. Ele esteve em Londrina a convite da Agência de Desenvolvimento Terra Roxa e da Sociedade Rural do Paraná, por meio da diretora de Relações Internacionais, Luly Barbero.



Na reunião, aberta pelos presidentes da SRP, Afranio Brandão, e da Terra Roxa, Valter Orsi, foram apresentados o cenário do agronegócio e o desenvolvimento de tecnologias voltadas ao agro na região Norte e Noroeste do Paraná. A apresentação foi feita pelo vice-presidente da Terra Roxa, Fernando Kireeff.

O cônsul, por sua vez, apresentou o setor israelense aos participantes da reunião, país altamente tecnológico, e fez o convite para que fosse organizada uma comitiva para conhecer o país.

Israel é um país, que embora jovem – tem apenas 79 anos -, é reconhecido mundialmente, pela alta tecnologia que emprega, desenvolvimento de agricultura de precisão e apoio a startups.

Para mais informações sobre os eventos e cursos:

Roadshow Como Ingressar no Mercado Americano
11 de abril – Maringá: CLIQUE AQUI
12 de abril – Londrina (Expo Londrina): CLIQUE AQUI

Expo no Campo – 2ª Edição 9 a 14 de abril – Londrina (Expo Londrina): CLIQUE AQUI

Formação de preços e custos nas importações e exportações – CIN 26 e 27 de abril – Londrina: CLIQUE AQUI

Missão:

”Ser um agente independente para atrair novos investimentos e promover negócios, integrando e desenvolvendo os setores econômicos da região Norte do Paraná”.


Caso não desejar receber mais este informativo, por gentileza responda esta mensagem com o assunto REMOVER.