Newsletter Setembro/2019 – Terra Roxa apoia ações entre Paraná e Hyogo, Duas novas parcerias em potencial: Terra Roxa recepciona comitivas da Tailândia e Oeste Africano e muito mais!

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Newsletter Terra Roxa
Terra Roxa Investimentos

Número 93 – Setembro de 2019

Terra Roxa apoia ações entre Paraná e Hyogo

Representantes da Província de Hyogo estiveram em Londrina e a agência se dispõe a colaborar na aproximação das cidades-irmãs Nishinomiya e Londrina.

A prefeitura de Londrina convidou a Agência Terra Roxa para apoiar a recepção de representantes da província japonesa de Hyogo e para colaborar na organização da missão, liderada pelo Deputado Federal Luiz Nishimori, que a cidade pretende participar entre outubro e novembro para o Japão. A ideia é levar propostas de ações, indo além do âmbito cultural e acadêmico que já estão bem estabelecidos entre as duas localidades.  A ocasião do aniversário de 50 anos de irmandade entre as duas cidades representa um importante marco para que novos laços em setores econômicos também sejam fomentados.

O plano para aumentar a integração entre ambas as cidades ainda prevê que empresários japoneses sejam convidados para missões ao Brasil, a fim de conhecer de perto as conveniências do norte do Paraná e consolidar então resultados práticos e econômicos com parcerias. Os setores com potencial de ampliação de negócios foram identificados inicialmente como o de alimentos e o de tecnologia em geral.

 O convite recebido para mediar essas relações, pontua o presidente Valter Orsi, demonstra o prestígio que a Terra Roxa possui também entre representantes do executivo local e deputados da região. “A experiência e liderança que a Terra Roxa vem demonstrando ao longo dos anos é comprovada em situações como esta, quando somos acionados para colaborar com ações de planejamento e inteligência para consolidar parcerias.”

Além da irmandade entre Londrina e Nishinomiya, a cidade de Maringá também possui longa parceria com a cidade de Kakogawa, na mesma província, fator que acrescenta mais ponto positivo na construção de relações mais próximas também entre essas regiões. A missão ao Japão e à província de Hyogo deverá ocorrer entre os meses de outubro e novembro deste ano, contando com representantes políticos e membros da sociedade civil.

Duas novas parcerias em potencial: Terra Roxa recepciona comitivas da Tailândia e Oeste Africano

 A Terra Roxa recepcionou dois novos parceiros em potencial no mês de agosto. A primeira delegação foi a representação oficial ligada à Embaixada Real da Tailândia, nas figuras do conselheiro ministerial Siwalak Nacabdee e o responsável pela área de Marketing, Emerson Nakandakari, ambos ligados ao Escritório Comercial da Tailândia. Na mesma comitiva estavam o Primeiro Secretário da Embaixada, Paween Buskornreungrat. Na ocasião, a TR apresentou o potencial econômico da região norte do Paraná e foram discutidas possíveis oportunidades para ambas as partes. “Abrir este canal de diálogo é importante para concretizar uma cooperação futuramente, ainda mais se levarmos em consideração que as embaixadas são a porta de entrada comumente buscada por empresários de outros países”, afirma o presidente Valter Orsi. Assim, a relação com setores oficiais de governos estrangeiros faz-se crucial para fortalecer laços e abrir caminho para novas oportunidades.

 Outra delegação atendida pela TR em agosto foi a da Câmara de Comércio, Desenvolvimento e Integração da Comunidade Econômica do Oeste Africano, a ECOWAS (Economic Community of West African States), representada pelos senhores Osvaldo Di Iorio (presidente) e senhor Marcelo Ricardo da Rocha Dias (Diretor). A instituição visa promover ações de interação cultural e comercial com o intuito de levar mais desenvolvimento para países no oeste do continente africano. Entre os principais países que representam estão Costa do Marfim, Gana e Nigéria. A visita foi mais uma oportunidade para a TR recepcionar representantes de organizações que desejam se aproximar da região norte do Paraná e demonstrar as oportunidades a partir de um network proativo.

Consultor de inovação italiano ministra palestra em visita ao norte do Paraná

Roberto Panzarani, consultor, professor de gestão da inovação e autor de vários livros na área de inovação e capital intelectual em contextos de alta inovação, esteve em Londrina para o evento Business Innovation: Conexão Brasil – Itália – Israel na sede da Acil (Associação Comercial e Industrial de Londrina), em 28 de agosto.

As conexões do especialista com Europa, Israel e o Vale do Silício, nos Estados Unidos, representam uma importante forma de contato para interagir e promover o ciclo de desenvolvimento empreendido pela região norte do Paraná, com seu ecossistema de inovação, potencial exportador e ações já consolidadas com empresas e órgãos voltados para o mercado internacional. Em agenda à parte, foi apresentado o trabalho do Sebrae, Senai e instituições locais com apoio a startups, capital inovador e eventos como hackatons – maratonas que reúnem programadores, engenheiros, designers entre outros profissionais, que se reúnem com o objetivo de desenvolver soluções inovadoras, envolvendo todos os setores econômicos.

 No evento que reuniu cerca de 70 empresários, a TR aproveitou seu papel de referência como agência de desenvolvimento na região, junto de parceiros, para acolher o consultor e consolidar um network mais ativo, buscando aproveitar essas presenças para divulgar a região sempre que possível. Em breve espera-se Panzarani retorne ao norte do Paraná para conhecer também cidades como Maringá, Apucarana, entre outras, interagir com demais microrregiões e visitar eventos que tratam de setores em potencial. “Buscar a interação focada para o ambiente de negócios com inovação em conjunto com o efeito de multiplicadores, como o professor Panzarani, podem determinar que uma parceria futura aconteça, por isso é importante a Terra Roxa cultivar estas relações”, defende o presidente Orsi.

Lançamento novo Peiex com coordenação da Unicesumar

O lançamento do novo Peiex (Programa de Qualificação para Exportação) da Apex-Brasil (Agência Brasileira de Promoção à Exportação e Investimentos) foi realizado em Londrina e Maringá em agosto, nos campi da Unicesumar. A iniciativa prevê que empresários do núcleo Norte do Paraná, que compreende Maringá e Londrina, possam recorrer ao Programa de forma gratuita para acessar o mercado exportador, internacionalizar seus produtos e serviços ou obter orientações sobre como receber investimento estrangeiro. A novidade é que o apoio de um centro universitário com experiência em formação de pessoas deve melhorar o preparo dos agentes envolvidos com negócios de exportação na região.

 O Peiex, que já existe há quase 10 anos, agora em fase mais madura, vai permitir maior sinergia entre os núcleos nos quais irá atuar. Com o convênio firmado entre o Programa e a Unicesumar, a projeção é que o apoio oferecido seja de melhor qualidade para todas as áreas de negócios, com equipes maiores para atendimento. Ao colaborar para o alcance de mercados mais exigentes, o sucesso em oportunidades nacionais da mesma forma será fomentado, o que representa mais um fator de sustentabilidade para estes negócios.

Nas palavras do Presidente da Terra Roxa, Valter Orsi, a parceria com a Unicesumar na microrregião de Maringá e Londrina é de grande importância também para a atuação da Terra Roxa, já que o Centro Universitário como um parceiro já consolidado desta Agência terá também a chance de fomentar uma cultura exportadora e capacitar os interessados nesta busca por novos mercados a partir deste esforço concentrado. Um benefício que virá para todos, com ganhos na área técnica, incluindo tecnologia nos processos e ganho cultural na formação.

PERFIL PARANÁ 2019

 Nesta mesma oportunidade, a Apex apresentou o relatório Perfil Estado – Paraná 2019 com um vasto estudo sobre as condições e oportunidades para o mercado internacional. Entre os principais pontos estão a representatividade das exportações paranaenses no âmbito da região sul, com quase 40% do PIB na região. Nos anos de 2017 e 2018, as exportações obtiveram alta de 10% de um ano para o outro. Este incremento coloca o Paraná na quinta posição dentre as exportações brasileiras, observando-se os anos de 2015 a 2018.

 A região Norte Central do estado, que compreende o núcleo de Maringá e Londrina, responde por 17,7% das participações em exportações. Atrás apenas da região metropolitana de Curitiba que apresenta 50% do total. Os setores exportadores que colaboraram para o aumento no índice paranaense em 2018 são a soja e seus subprodutos em primeiro lugar, seguido por equipamentos de transporte e componentes, e na terceira colocação, carnes de aves. Os principais destinos das exportações do estado são China, Holanda e Argentina em ordem de valor exportado em milhões de dólares.

Por fim, o relatório destaca os setores com boas oportunidades: automotivo e de transporte, aeroespacial e defesa, agroindústria e biotecnologia, saúde e bem-estar, tecnologia da informação e economia digital, e de energia. Uma vez que foram definidos como prioritários em 2015, o estado passou a investir nestes com a intenção de aumentar o valor agregado das exportações e da produtividade nessas áreas.

Terra Roxa com presença ativa em eventos da região

Conectur Londrina

A Terra Roxa esteve presente em outros eventos de importância estratégica para a região, a exemplo do Conectur Londrina, para a promoção do turismo inteligente na sede da faculdade Positivo, durante o dia 28 de agosto. Uma série de palestras e painéis, além do 1º Hackathon do Turismo de Londrina e região, foram apresentados com o intuito de estimular que as cidades ofereçam opções de turismo com apoio das tecnologias, que podem melhorar a experiência dos visitantes. Ações como esta são importantes para colaborar com o desenvolvimento deste segmento já estabelecido na região.

1º Fórum Empresarial CACINP

O evento da Coordenadoria das Associações Comerciais e Empresariais do Norte do Paraná (Cacinp) foi realizado na sede da Associação Comercial e Industrial de Londrina (ACIL), no dia 29 de agosto. Baseado em 4 pilares: gestão, liderança, informação e integração, o encontro reuniu integrantes de Associações Comerciais do Norte do Paraná, da Cacinp, Conselhos Regionais do Jovem Empresário e Conselhos Regionais da Mulher Empresária para falar sobre a importância do associativismo e da conexão entre as Associações Comerciais do Norte do Paraná. O presidente da Terra Roxa, Valter Orsi, esteve presente para acompanhar as discussões.

Congresso Nacional Moveleiro em Arapongas

Em sua 10º edição, o Congresso Nacional Moveleiro apresentou aos atuantes neste setor, dentre os dias 3 e 5 de setembro, as tendências de mercado, que basicamente buscam agregar tecnologia na cadeia de valor e como consequência, a melhora na competitividade dos negócios. Foram ofertados oficinas, palestras e encontros de negócios no âmbito nacional e internacional. O governador do estado e parlamentares também estiveram presentes para destacar a importância do polo moveleiro para o estado e no cenário nacional.

Fórum de Desenvolvimento Local Futuridade

 No último dia 6 de setembro foi realizado em Rolândia o 1º Fórum Futuridade, uma iniciativa do Codese (Conselho de Desenvolvimento Econômico, Sustentável e Estratégico de Rolândia) com a coorganização da Associação Comercial e Empresarial de Rolândia, Agência Terra Roxa, Sebrae e Faculdade Paranaense (Faccar). O grupo que compõe o Codese já recebe o apoio consistente da Terra Roxa desde o início do próprio Conselho, na forma de agente responsável por promover a interação com iniciativas semelhantes já consolidadas, caso do Codem, em Maringá, e o Fórum Desenvolve Londrina, ambos voltados para a discussão e planejamento do futuro destas cidades, levando o apoio da sociedade civil à gestão pública.

Foram apresentadas três palestras na ocasião: a primeira delas com Antonio Aledo Tur, professor de Sociologia do Meio Ambiente na Universidade de Alicante (Espanha) mostrando a evolução das cidades até as atuais Smartcities do século XXI e como algumas ações podem melhorar resultados econômicos para cidades de médio porte. Na sequência, representantes do Nigep (Núcleo Interdisciplinar de Gestão Pública) da Universidade Estadual de Londrina mostraram como municípios podem recuperar receitas com ações simples e colaborativas. Entre as parcerias do Nigep está a Prefeitura de Londrina, que obteve excelentes resultados no aprimoramento da gestão. E por fim, o coordenador estadual de Ecossistema de Inovação do Sebrae, Heverson Feliciano, atuante em Londrina e região, falou sobre a importância do empreendedor cívico e de identificar vocações para as cidades.

Para o Diretor Executivo da Terra Roxa, Alexandre Farina, o destaque está na complementaridade entre as falas e os bons exemplos apresentados, que são de grande valia por já estarem em prática nessas localidades, inclusive outros países, como o caso espanhol. “Eventos como este são para nivelar conhecimento e criar massa crítica na comunidade. A vinda de palestrantes de origens variadas e a interação com os presentes nas discussões puderam colaborar com apontamentos concretos para caminhos a seguir em Rolândia”, complementa. O evento recebeu elogios dos participantes e configura um importante passo para a sequência do Codese em Rolândia.

O empenho da Terra Roxa para estar nesses eventos é importante, uma vez que são oportunidades únicas de rever pessoas chave, interagir com setores específicos e acompanhar o que está sendo pensado, visando colaboração em ações futuras.

AGENDA DE CURSOS E EVENTOS

Estratégias de Exportação e Negociação Internacional – Peiex – 24 de setembro – Clique aqui

Importação Passo a Passo – CIN/FIEP – 4 de outubro – Clique aqui

Summit Sebrae 2019 – 10 de outubro – Clique aqui

Missão:

”Ser um agente independente para atrair novos investimentos e promover negócios, integrando e desenvolvendo os setores econômicos da região Norte do Paraná”.


Caso não desejar receber mais este informativo, por gentileza responda esta mensagem com o assunto REMOVER.