Cooperativas do PR fecharam 2019 com crescimento em todos os indicadores

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Dados consolidados pelo Sistema Ocepar mostram que o cooperativismo de crédito continuou avançando no Paraná em 2019. O ramo, que congrega 56 cooperativas no Estado, fechou o exercício somando R$ 57,1 bilhões em ativos, valor 5,6% superior ao registrado no ano anterior; R$ 31,1 bilhões de recursos administrados (aumento 37,7%); ingressos totais de R$ 7,7 bilhões (crescimento de 24,4%) e operações de crédito de R$ 26,4 bilhões (29,4% a mais em relação ao montante de 2018).

Crescimento – O ramo registrou ainda crescimento de 26,3% no quadro social, de 2018 para 2019; 17,4% no total de funcionários; 24,8% no volume do Patrimônio Líquido, entre outros resultados positivos. No Paraná, há cooperativas de crédito vinculadas a quatro diferentes sistemas: Cresol (uma central e 14 singulares), Sicoob (uma central e 14 singulares), Sicredi (uma central e 24 singulares) e Uniprime (uma central e cinco singulares), além das independentes urbanas (seis singulares) e das independentes rurais (três singulares). Juntas, elas congregam 1,9 milhão de cooperados e possuem 1.312 pontos de atendimentos, dos quais 912 no Paraná, 290 em São Paulo, 34 em Santa Catarina, 28 no Rio Grande do Sul, 26 no Mato Grosso do Sul, 11 no Rio de Janeiro, quatro no Amapá, dois em Goiás, dois em Minas Gerais, dois no Mato Grosso e um em Pernambuco.

Representatividade – De acordo com o coordenador de Desenvolvimento Cooperativo do Sescoop/PR, João Gogola Neto, no último ano, o cooperativismo de crédito tornou-se o segundo maior ramo em representatividade de faturamento no Estado, respondendo por aproximadamente 8% do resultado consolidado pelo setor no Paraná. “Isso demonstra que, mesmo com a redução do principal componente da receita de operações de crédito, a taxa de juros, o volume operado acabou por compensar e, inclusive, superar a receita obtida de forma proporcional aos demais ramos. Em relação ao quadro social, é o segmento que demonstra maior crescimento na captação de novos associados e representa 90% do total de cooperados vinculados às cooperativas paranaenses”, acrescenta.

Fonte: Paraná Cooperativo